sábado, 31 de janeiro de 2015

Robinson acerta ao não gastar com Carnaval .

Potiguar

O governador Robinson Faria anunciou: diante da seca que assola o RN e de todas as dificuldades financeiras, não faz sentido despender recursos com festas de carnaval no RN.

A medida é acertada pelos motivos já apresentados por ele mesmo. Além disso, Robinson é governador de um estado com 167 municípios. Se ajudar um terá de abrir a mão para todos.

Uma prefeitura ou outra, mais folgada e com tradição em que o investimento se faz necessário, pode dispor de recursos próprios. Mas a situação difícil pede austeridade e zelo para com a máquina pública potiguar.

Portalegre: Recomendação do Ministério Público determina que município dote conselho tutelar de infraestrutura e pessoal.

Clodoeudes Fernandes

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) quer que o município de Portalegre dote o Conselho Tutelar de melhor infraestrutura. Isto inclui mudança para um imóvel mais adequado, que conte com acessibilidade, aquisição de equipamentos e contratação de pessoal. Para tal, a Promotoria de Justiça da Comarca emitiu recomendação ao prefeito do município.

A principal mudança é que, em 45 dias, o município providencie a retirada do Conselho Tutelar do espaço em que atualmente funciona, para um imóvel com instalações físicas mais apropriadas e independentes de qualquer órgão vinculado ao Poder Executivo. O novo local deve possuir instalações hidráulicas em perfeito funcionamento; rede elétrica compatível com a demanda dos equipamentos de informática e demais eletrodomésticos que lá serão instalados; acesso à internet e linha telefônica.

Além disso, a nova locação deve estar adequada às normas técnicas vigentes sobre acessibilidade à pessoa portadora de deficiência e ao tipo de trabalho que será realizado, sendo necessário no mínimo, sala de espera, sala dos conselheiros, sala de atendimento com isolamento acústico, banheiro e copa – tudo com o mobiliário necessário (mesas, cadeiras, armários, etc.).

Em termos de pessoal, foi recomendado que o município mantenha vigilante, recepcionista e auxiliar de serviços gerais durante o horário normal de funcionamento do Conselho Tutelar e ainda um motorista exclusivamente dedicado à condução do veículo do colegiado, responsabilizando-se ainda pela manutenção e abastecimento do veículo. No caso de atendimentos fora do horário normal de expediente, o MP também quer que seja disponibilizado um motorista, que ficará de sobreaviso, devendo o Conselheiro Tutelar de plantão, quando necessário, efetuar a solicitação diretamente ao Secretário Municipal de Transportes.

Providências de natureza administrativa relacionadas à orçamento também são alvo da recomendação: o município deve incluir nas propostas de leis orçamentárias (Plano Orçamentário Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual), relativas a este e aos exercícios seguintes, os recursos necessários à execução das atividades destinadas ao cumprimento da recomendação emitida.

No prazo de 30 dias, o prefeito deverá encaminhar à Câmara municipal, projeto da lei, adequando a lei municipal n. 181, de 20 de setembro de 1990 à lei n. 12.696 de 05 de julho de 2012.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Restaurantes populares do RN terão que melhorar refeição, diz secretária


O Mosoroensse por Regy Carte

Secretária Julianne Faria na reunião: 'Não se justifica sopa ou salsicha com arroz no almoço'

Padronização das instalações, do cardápio e de horário de funcionamento. Essas e outras medidas foram discutidas em reunião na manhã desta sexta-feira (30), com os fornecedores de refeições dos 24 restaurantes populares distribuídos por todo o Rio Grande do Norte. “Vou cobrar de cada um que presta serviço à Sethas, que ofereça um serviço satisfatório. Não se justifica que a população se alimente de sopa ou de salsicha com arroz no almoço”, reclamou a secretária de Assistência Social, Julianne Faria, na reunião.

O coordenador operacional de Desenvolvimento Social da Sethas, Paulo Jordão, explica que as exigências fazem parte do contrato firmado entre as empresas e o Governo do Estado. “Portanto, a solicitação é simplesmente para que se cumpra o que está no papel”, diz. Jordão acrescenta que, a partir de agora, será feita a fiscalização nos restaurantes e que poderão ser aplicadas sanções, inclusive rescisão contratual.

A subcoordenadora de Apoio Nutricional, Magaly Nunes, contou que visitou os restaurantes e, em alguns, não encontrou atendimento satisfatório, mas também conheceu restaurantes que podem servir de padrão para os demais.

Dentre as exigências que deverão ser atendidas, segundo ela, também estão higiene e limpeza, apresentação de documentos sempre que solicitado pela fiscalização e mapa de controle, segundo a Assessoria de Imprensa da Sethas.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pagamento de janeiro será nos dias 28 e 30, mas secretário afirma que ainda não é possível divulgar calendário anual de pagamento

Anna Ruth

janeiro 26, 2015,

O secretário estadual de Planejamento, Gustavo Nogueira, afirmou que ainda não é possível divulgar o calendário anual de pagamento do funcionalismo. Segundo ele, o desequilíbrio financeiro não permite ao Executivo divulgar a previsão das datas.

Hoje o Governo divulgou que o pagamento de janeiro já está fechado e ocorrerá nos seguintes dias: 29 de janeiro, serão pagos os salários dos aposentados e pensionistas. E, no dia 30 de janeiro, receberão os servidores da ativa da administração direta e indireta.

“Sempre tenho reiterado que o Governo não medirá esforços para cumprir o calendário de pagamento e que não estamos aqui para punir os servidores do Estado. O desequilíbrio fiscal existe, mas desde que assumimos, temos trabalhado incansavelmente para cumprir com o mínimo devido aos servidores do Estado”, disse o governador, Robinson Faria.

Segundo informações da Seplan, o valor total que será pago aos servidores estaduais é de R$ 283.764.758,87, distribuídos entre 62.596 servidores ativos; 33.447 aposentados e 10.482 pensionistas.

Salário de Robinson Faria e outros 12 governadores têm reajuste

Tribuna do Norte

Com o reajuste de "quase 100%" que entrou em vigor este mês, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), passará a receber uma remuneração maior que a de seu colega paulista, Geraldo Alckmin (PSDB).

A constatação é do repórter Pedro Venceslau, em matéria feita para O Estado de S. Paulo e distribuída ontem para dezenas de jornais e portais de internet pela Agência Estado.

Aumento de salários foi alternativa para atrair bons secretários, diz Robinson Segundo a reportagem, enquanto a remuneração do governador do RN pulou de R$ 11 mil para R$ 21,9 mil, a de Alckmin, que administra o estado mais rico da federação, teve reajuste de 4,7%, passando de R$ 20,6 mil mensais para R$ 21,6 mil.

No caso do Rio Grande do Norte, o aumento contemplou também o vice-governador, que passa a ganhar R$ 17,5 mil. No governo anterior, de Rosalba, o vice ganhava R$ 9 mil. Já os secretários tiveram a remuneração aumentada em 75%, de R$ 8 mil para R$ 14 mil.

No Brasil, houve aumento salarial para o primeiro escalão em 13 estados.

A reportagem lembra que na campanha - e no período de transição também - os eleitos prometiam adotar uma política de austeridade focada inicialmente nos cortes de cargos e encolhimento da máquina administrativa. "Os aumentos foram aprovados pelas Assembleias Legislativas às vésperas do recesso parlamentar. Isso fez com que houvesse pouca repercussão na ocasião", reforça o texto.

Veja lista dos estados onde ocorreram os reajustes:

Bahia: R$ 19,4 mil para R$ 22,4 mil Ceará: R$ 15,7 mil para R$ 16,7 mil Goiás: R$ 20 mil para R$ 25 mil
Mato Grosso: R$ 17,3 mil para R$ 20,3 mil
Mato Groso do Sul: R$ 26,5 mil para R$ 32,4 mil
Paraíba: R$ 23,5 mil para R$ 29,6 mil Paraná: R$ 29,4 mil para R$ 33,8 mil Piauí: R$ 17 mil para R$ 26 mil
Rio Grande do Norte: R$ 11 mil para R$ 22 mil
Rio Grande do Sul: R$ 17,3 mil para R$ 25,3 mil (governador e vice abdicaram de aumento)
Rondônia: R$ 23 mil para R$ 25,3 mil Roraima: R$ 26,7 mil para R$ 30,9 mil São Paulo: R$ 20,7 mil para R$ 21,6 mil

Cortes

Em dezembro do ano passado, na condição de coordenador da equipe de transição, o vice-governador eleito, Fábio Dantas (PCdoB) admitiu, numa entrevista a 96 FM, que o novo governo poderia adotar "medida antipáticas" para equilibrar a folha de pagamento do Estado.

Robinson, por sua vez, anunciou que mandará fazer auditoria na folha de pagamento, mas deixou claro: "Não é uma auditoria para punir ninguém. O servidor que está em dia, trabalhando, não será punido. Pelo contrário, será valorizado pelo nosso governo."

Da safra de novos governadores, dois voltaram atrás no aumento depois da repercussão negativa. São eles, Ivo Sartori (PMDB), do Rio Grande do Sul, e Ricardo Coutinho (PSB) da Paraíba.

Dilma, a Desaparecida do Cerrado, e a “recessão de salvação” como nova utopia


Enquanto o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendia em Davos as medidas ditas de austeridade aplicadas no Brasil, fazendo um discurso que os petistas costumavam chamar de “neoliberal”, a presidente Dilma Rousseff, a Desaparecida, deu as caras na Bolívia: compareceu à terceira posse de Evo Morales, o índio de araque, que se vangloriou de os “Chicago’s boys” não mandarem em seu país. Nota: na língua ideológica de Evo, Levy é um “Chicago’s boy”.

Qual presidente Dilma está no governo? A que sustenta Levy ou a que vai puxar o saco de bolivarianos? Convém não confundir esse ecletismo com pluralidade.

Pode ser, e tudo indica que seja, falta de clareza. Dilma parece tentada a tocar cítara e flauta ao mesmo tempo, coisa que Paulo, o apóstolo, não recomendava. Janeiro vai chegando ao fim trazendo, adicionalmente, o fantasma da conjugação da falta de água nas regiões metropolitanas mais densamente povoadas do país com a falta de luz.

Aquela que exige ser chamada de “presidenta”, no entanto, está muda. Parece imersa em sua perplexidade, sem energia para tocar nem cítara nem flauta.

O PT está perdido. Vê desmoronar o seu castelo de cartas e, desta vez, não tem o que dizer porque já não tem mais como culpar… FHC!!! A falsa herança maldita de FHC mobilizava a fanfarronice de um partido falastrão, com suas soluções simples e erradas para problemas difíceis. Mas a verdadeira herança maldita, que é a do PT, calou a boca do… PT — e essa, convenham, é a única boa notícia nesses tempos de desolação. Nunca antes na história “destepaiz”, para citar o chavão do Babalorixá de Banânia, um governo se desmoralizou com tamanha rapidez.

Dilma nem havia ainda tomado posse de seu segundo mandato, e suas promessas de campanha iam, uma a uma, descendo ralo abaixo. As burrices feitas pelo PT — oriundas, reitero, lá dos governos Lula — terão de ser minoradas (nunca corrigidas!) por um período de recessão econômica.

E não que tenhamos experimentado, nos últimos quatro anos, uma farra, não é mesmo? Convém que a oposição se organize logo — agora, não depois — para ocupar esse vazio de discurso. É preciso definir com celeridade uma narrativa que dê conta da complexidade desse momento.

Antes que Levy — que está aí tentando recuperar os escombros deixados pelo PT — passe por arquiteto de uma nova utopia. Como horizonte, o país merece um pouco mais do que uma recessão de salvação.

Por Reinaldo Azevedo - Veja

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Consumidor do RN começa a pagar bandeira tarifária de energia elétrica.

Blog do BG

Você já deve ter recebido. Começaram a ser entregues pela Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) As contas de energia elétrica com a cobrança do novo sistema de bandeira tarifárias, imposto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Vale destacar que em decorrência dos diferentes intervalos de medição do consumo pelos imóveis, nem todos os clientes pagarão o valor integral da bandeira vigente, a vermelha, que onera em R$ 3,00 a cada 100kWH consumido, o valor final da fatura

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Veja as Obras que foram contempladas com os 850 milhões do empréstimo

Veja aqui todas as obras que foram incluídas no Plano de Aplicação do empréstimo de R$ 850 milhões, projeto aprovado hoje pela Assembleia Legislativa, durante convocação extraordinária.

- Contrapartida para Barragem de Oiticica

- Contrapartida para a Nova Ponte Sobre o Rio Potengi

- Aporte Financeiro para Fundo Garantidor de Parceria Público-Privada

- Contrapartida para Investimentos em Segurança Pública
- Contrapartida para o Programa de Integração e Modernização da Administração Fiscal do Rio Grande do Norte

- Contrapartida para Participação Acionária da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN)

- Contrapartida para Habitação Popular
- Contrapartida para Obras de Infraestrutura Hídrica (adutoras, canais e barragens)

- Contrapartida para Implantação das Praças da Juventude

- Contrapartida para Investimentos para Agricultura

- Contrapartida para Melhoria da Rede Estadual de Saúde, incluindo implantação de Policlínicas

- Contrapartida para Investimentos no Ensino Médio e na Educação Profissional

- Obras

- Estrada da Pipa

- RN-075/117;Serrinha dos Pintos/Pilões
- RN-203;Ent.087/São Tomé - Contorno de Jucurutu
- Jucurutu- Serra de João do Vale - Pedra Grande – Exú Queimado

- BR-406 – Tubibau
- RN-016 – Porto Piató
- BR-304 – Santuário Irmã Lindalva - Lagoa Nova
– Entr. RN-042 (Tupã) - Jundiá – Brejinho .
- BR-406 – Serrrinha – Canto de Moça - Sibaúma – Barra de Cunhaú
- BR-304 – Planalto
- Estrada do Melão
- Viçosa – Martins
- RN-117 – Pau dos Ferros – BR-405

- BR-405 – Barragem de Santa Cruz - PRÓ-TRANSPORTE

– (Eixo Av. Moema Tinôco/Fronteiras e acesso a Ponte Newton Navarro), incluindo contrapartida.

- Acessos ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, incluindo contrapartidas

- Prolongamento da Av. Prudente de Morais, incluindo contrapartidas

- Construção de unidade do Corpo de Bombeiros no Município de Parnamirim

- Perfuração e Instalação de Poços Tubulares

- Recuperação da RN 160 no trecho que liga os municípios de São Gonçalo do Amarante a Macaíba

- Implantação do trecho rodoviário Upanema à Caraúbas via comunidade Mirandas

- Prolongamento da RN que liga Caraúbas a Apodi até a comunidade do Córrego no município de Apodi

- Obras da Barragem de Umarizeiro nos municípios de Umarizal e Caraúbas

- Conexão da BR 226 com a BR 405 no trecho urbano de Pau dos Ferros (UFERSA-BR 226 – Posto Xavier dos Pneus

- Construção do novo Campus da UERN no município de Assu

- Estrada Medumbim – BR 304

- Conclusão, implantação, pavimentação e obras de arte especiais do contorno rodoviário de Santa Cruz/RN

- 2ª etapa do teleférico de Santa Cruz, em entendimento com o Município para sua realização

- Recuperação da RN 062 que liga a BR 101 ao Município de Baía Formosa

- Recuperação da RN 120 que liga a BR 304 as cidades de São Paulo do Potengi e Senador Elói de Souza

- Reforma da Escola Estadual Prof Crisan Siminéia em Natal/RN

- Recuperação da RN 312 que liga Macaída a Igreja Nova (São Gonçalo do Amarante)

- Pavimentação a paralelepípedos Coqueiros a Uruaçu, estrada de ligação a RN 160 São Gonçalo do Amarante

- Ligação asfáltica do trecho Tenente Ananias/RN / Divisa com o Município de Lastro/PB

- Ligação Asfáltica do trecho São Pedro do Potengi a BR 304

- Asfaltamento da Estrada que liga a sede do Município de Mossoró a comunidade de Alagoinha

- Asfaltamento da Estrada que liga a sede do Município de Mossoró a comunidade de Passagem de Pedras

- Pavimentação asfáltica da estrada que liga o posto da PRF (BR 304) ao entorno do Campus Universitário da UERN

- Conclusão das obras da ponte sobre o rio Jacu em São José de Campestre - Construção da ponte sobre o rio Jundiaí no município de Macaíba

- Conclusão da obra de construção do Hospital de Campo Redondo

- Estrada que liga a RN 313 (Av. Olavo Montenegro) a Av. Adeodato José dos Reis com a Av. Maria Lacerda

- Estrada que liga os Municípios de Vera Cruz a Bom Jesus (Estrada da Farinha)

- Construção de um Centro de Comercialização (Quiosques) às margens da BR 304 no município de Riachuelo

- Recuperação de estradas vicinais em piçarro nos municípios de Alexandria, Coronel João Pessoa, São Miguel

- Obras de infraestrutura turística no município de Guamaré

- Construção de galpões industriais para fomento da economia local em diversos municípios

- Construção, reforma e ampliação das instalações físicas dos hospitais regionais de Angicos, João Câmara, Macaíba

- Construção de pontilhão sobre o rio salgado no município de Lajes

- Pavimentação asfáltica da estrada que liga as fazendas Cana Fístula, Interfrut e Renovare à BR 110

- Estrada vicinal em piçarro ligando a cidade de Paraú a Capela Nossa Senhora da Piedade

- Estrada vicinal em piçarro ligando a cidade de Messias Targino as comunidades de Trincheira da Serra

- Estrada vicinal em piçarro ligando a cidade de Severiano Melo as comunidades de Pau de Leite, São Dimas

- Implantação do parque industrial de Olho D’agua dos Borges

- Duplicação da RN 316 no trecho que liga a BR 101 ao município de Monte Alegre

- Pavimentação da estrada que liga a cidade de Lajes até a localidade de Firmamento

- Recuperação da estrada que liga os municípios de Rui Barbosa a Barcelona

- Recuperação do trecho rodoviário da BR 304 – Paraú – Triunfo Potiguar – Campo Grande – Caraúbas Apodi

- Asfaltamento da estrada que liga os municípios de Coronel Ezequiel a Campo Redondo

- Obras de ampliação do campus da UERN em Mossoró

- Construção, reforma e ampliação das instalações físicas da Liga do Câncer em Mossoró

- Asfaltamento do acesso a barragem Passagem das Traíras

- Adutora da cidade de Campo Redondo para as comunidades do Ramal e Malhada Vermelha

- Recapeamento asfáltico no bairro petrópolis, no acesso que liga a antiga ponte até a BR 427 na cidade de Acari

- Conclusão da adutora de laginhas em Caicó

- Conclusão da adutora de Passagem das Traíras em São José do Seridó

- Ampliação da estrada de acesso ao Lima em Patú

- Construção da estrada da castanha que liga os municípios de Carnaubais a Serra do Mel

- Construção do teleférico de Martins

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

MARTINS /RN E RIACHO DA CRUZ /RN: SITUADAS NA REGIÃO DO ALTO OESTE TIVERAM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS ASSALTADOS

João Moacir

Martins /RN: Por volta das 11h e 50 minutos desta quarta 21 de janeiro, Dois homens conduzindo em uma moto Honda Pop cinza, assaltaram o único posto de combustível em funcionamento na cidade, segundo informações os elementos usando capacete se aproximaram das bombas, e de arma em punho anunciaram o assalto, levando o dinheiro que o frentista tinha no bolso e exigiram o celular do mesmo que no momento não estava com o aparelho, em seguida se dirigiram até a administração do posto na tentativa de tomarem mais dinheiro mas não encontraram, e ainda de arma em punho levaram aparelhos celulares das pessoas que estavam no local.

Antes por volta das 10 horas da manhã outro assalto aconteceu em um posto de gasolina situado as margens da RN 117, na cidade de Riacho da Cruz /RN com os acusados tendo as mesmas características.

A policia fez uma varredura nas redondezas mas não conseguiu prender os elementos, que segundo populares desceram a serra no sentido das cidades de Umarizal e Riacho da Cruz/RN.

Fonte: Blog Martins em Pauta

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Robinson Faria: “Vou cumprir rigorosamente em dia o calendário de pagamento do servidor”

20 de janeiro de 2015
Marcos Dantas

Pelo menos foi a garantia dada pelo governador Robinson Faria, ao conversar com profissionais da imprensa do Seridó durante sua visita a Parelhas, na noite desta segunda-feira (19).

Ao ser indagado sobre o pagamento da folha do funcionalismo a cada dia 30, Robinson respondeu: “Eu sou homem destemido, ousado e corajoso das minhas palavras. Eu quero que o meu Governo cumpra o calendário tradicional do pagamento do servidor. Darei tudo de mim para pagar em dia, sem parcelamento como acontecia no governo passado. Vou cumprir rigorosamente em dia o calendário de pagamento do servidor”

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

MPF quer implantação de serviços de inspeção nos municípios do Alto Oeste


AFonte

O Ministério Público Federal (MPF) em Pau dos Ferros emitiu uma recomendação aos municípios do Alto Oeste Potiguar para que constituam, no prazo de 90 dias, os Serviços de Inspeção Municipal (SIM) e, dentro de mais quatro meses, se integrem ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

O objetivo é o fortalecimento da agricultura familiar, já que sem este serviço os agricultores não podem vender seus produtos no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Além disso, o SIM fortalecerá o controle de higiene e qualidade dos alimentos produzidos e comercializados nessas cidades. A legislação do PNAE determina que pelo menos 30% dos recursos do programa devem ser destinados à aquisição de alimentos produzidos pelos agricultores familiares. Porém os municípios e as redes de ensino ficam desobrigados desse percentual se não houver na localidade produção com o selo de inspeção. Dessa forma, não criar o SIM é se auto exonerar da obrigação legal. No entanto, como condição para receber recursos do programa, todos prefeitos assinaram no início dos mandatos um termo de compromisso com o FNDE para manter o controle sanitário dos alimentos.

Além de criar o SIM, as Prefeituras devem promover sua regulamentação, com a edição das normas necessárias para detalhar a operação, o formato do sistema de informações e registros a ser utilizado, além de definir o modelo de laudo, de relatório de visitas e de infrações. O serviço de inspeção deve ter a estrutura de laboratórios e recursos humanos necessária, com a devida capacitação dos seus integrantes

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Prefeito do PSD vence eleição da Femurn


A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) tem um novo presidente: o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior do Partido Social Democrático (PSD). A eleição ocorreu nesta quinta-feira (15) em Natal.

O presidente do PSD estadual e governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria parabenizou o prefeito pela vitória na eleição da Femurn. “A vitória de Francisco José na Femurn representa a vontade de mudança que a população e os prefeitos querem para o Rio Grande do Norte. Vamos trabalhar de mãos dadas para melhorar o desenvolvimento econômico e social dos municípios”, destaca.

Francisco José é prefeito de Mossoró e já ocupou a presidência da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam) e também se destacou como presidente da Câmara Municipal de Mossoró.

Além de Francisco José, mais cinco prefeitos do PSD tem representação na Femurn: o prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo, Naldinho; o prefeito Maurício Menezes de Poço Branco; o prefeito de Ielmo Marinho, Bruno Patriota; o prefeito de Montanhas, Algacir Januário e Josinaldo Marcos, Naldinho de Tibau.

Conheça a chapa vitoriosa da Femurn

Presidente - Francisco José Silveira Junior – PSD (Mossoró) (Francisco José Júnior)
1º Vice Presidente - Ivan Lopes Junior – PROS (Assu)
2º Vice Presidente - José Leonardo Cassimiro de Araújo – PSD (São Paulo do Potengi)
3º Vice Presidente - Cid Arruda Câmara – PSB (Nova Cruz)
4º Vice Presidente - Flaviano Moreira Monteiro – PC do B (Apodi)
5º Vice Presidente - José Mauricio de Menezes Filho – PSD (Poço Branco)
1º Secretário - Sergio Eduardo Bezerra Teodoro – PMDB (Pedro Avelino)
2º Secretário - Expedito Salviano – PR (Venha Ver)
1º Tesoureiro - Anaximandro Rodrigues do Vale Costa – DEM (Governador Dix-Sept Rosado)
2º Tesoureiro - Maria de Fátima Araújo da Silva – PT (Ouro Branco)

Conselho Fiscal
Bruno Patriota Medeiros – PSD (Ielmo Marinho)
Algacir Antônio de Lima Januário – PSD (Montanhas)
Arthur de Oliveira Targino – PMDB (Messias Targino)

Suplente
Josinaldo Marcos de Souza – PSD (Tibau)
Alexandre José da Silva Freire – PSB (Lagoa Salgada)
Ciro Gustavo Alves Bezerra – DEM (Itaú)

Robinson Faria faz visita surpresa ao hospital Walfredo Gurgel: “É pior do que eu pensava”

por: Portal JH

Marcelo Lima marcelolimanatal@yahoo.com.br

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, realizou a terceira visita de uma série que pretende contemplar todos os hospitais da rede estadual. Depois da visita feita ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, hoje pela manhã, o chefe do Executivo Estadual deu um diagnóstico antigo e que muitos cidadãos já conhecem sobre o maior pronto-socorro do Estado. “É muito pior do que eu pensava. É um drama. As pessoas estão perdendo o pé porque o Estado não tem campanhas pedagógicas para prevenir o agravamento de doenças como o diabetes. Isso é uma coisa desumana, um pai de família perder um órgão e deixar de trabalhar porque o Estado não cumpriu o seu papel”, acentuou o governador. Ele disse também que a equipe da Secretaria Estadual de Saúde Pública estuda medidas emergenciais para o hospital, mas não disse quais seriam e que muito em breve as divulgaria.

A situação descrita por Faria é bem ilustrada pelo que a aposentada Lúcia Lucas da Silva, de 67 anos, está passando. Ela sofreu uma queda há dois meses e estava com uma ferida no pé que não cura. O motivo: ela é diabética. Em Macaíba, onde mora, não teve a assistência adequada e ontem decidiu ir para o Walfredo Gurgel. O médico informou a sua filha que não há previsão de quando ela será transferida para o Hospital Ruy Pereira. A senhora também foi uma das pacientes internadas em macas com quem o governador conversou. Ele perguntou de onde ela veio e qual seu problema. Logo depois de ver o pé completamente escurecido recorreu ao secretário de saúde, Ricardo Lagreca. Os dois conversaram por alguns segundos e partiram. Com lágrimas nos olhos diante da possibilidade de perder o pé – ou até sua perna – a aposentada falou para nossa equipe: “agora eu espero que ele ajude a gente, porque quando ele precisou a gente ajudou ele. Eu queria que ele me tirasse daqui”.

Para evitar casos como o de dona Lúcia, o governador falou que o Estado precisa de um programa contínuo de prevenção de diabete e hipertensão. “O Estado não é eficaz nesse trabalho preventivo, não só pedagógico, mas também de entregar medicamentos em tempo para evitar de amputarem órgãos”.

A idosa também era uma das muitas que estavam internadas em macas pelos corredores. Aliás, o corredor da Clínica Médica do Clóvis Sarinho estava com ventilação insuficiente. Cerca de 35 pacientes estavam internados por lá e todas reclamavam do calor. “São pessoas nos corredores esperando semanas ou até meses esperando por uma simples cirurgia ortopédica ou uma simples cirurgia eletiva”, nas palavras do próprio Chefe do Executivo Estadual.

Hospital de Trauma

O governador e o secretário estadual de saúde também falaram da necessidade de um hospital de trauma. Segundo o auxiliar de Robinson, muito provavelmente isso ocorrerá com a redefinição do perfil do Hospital Walfredo Gurgel.

“A curtíssimo prazo, o Walfredo pode se tornar esse hospital”, disse Lagreca. “Já estamos cuidando disso. Vamos ver qual a modalidade mais rápida de entregar esse hospital de trauma ao povo de Natal, ao do Rio Grande do Norte. Se for no caso de buscar uma parceria público-privada, nós vamos buscar. O que interessa ao povo é ter eficiência, não interessa a modalidade”.

Segundo o governador também haverá a necessidade, de outro hospital para o pronto-atendimento. “Um hospital de primeiros atendimentos, atendimentos clínicos e cirurgias eletivas. Ou seja, vamos fazer uma separação, uma redefinição do perfil de cada hospital”, disse.

O governador disse que esteve no Ceará, onde conheceu hospital que são geridos por Organizações Sociais (OS), entidades de direito privado. Para ele, não há problemas que esse novo hospital na cidade possa ter gestão de OS. “Não tenho nada contra isso, mas vamos primeiro trabalhar com a nossa rede estadual, valorizar o nosso servidor da saúde”, acrescentou.

Quando questionado pelas as experiências mal sucedidas no Rio Grande do Norte, com gestão de unidades médicas por OS, o governador respondeu: “se os órgãos de controle ajudarem o governador a implantar novas metodologias, como no caso de OS, e fiscalizar desde o edital até depois de na manutenção do serviço, será muito bom. Só quem tem a ganhar é a população. Agora não podemos por conta de uma OS que nasceu viciada, que nasceu para ser viciada, que foi feita para ser viciada a gente ficar com pensamento retrógrado e não evoluir no nosso estado”

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Prefeitura de Riacho da Cruz abre processo seletivo simplificado a área da saúde. VEJA O EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIACHO DA CRUZ
EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ATRAVÉS DE ANÁLISE DE CURRÍCULO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DE CARÁTER TEMPORÁRIO NA PREFEITURA MUNICIPAL
DE RIACHO DA CRUZ/RN-SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E SANEAMENTO.

MUNICIPIO DE RIACHO DA CRUZ/RN, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o n°. 08.153.454/0001-04, representado pela Prefeita Exmª. Sra. Maria Bernadete Nunes Rêgo Gomes na forma da Lei, torna pública a abertura de inscrição para seleção dos cargos, em caráter temporário, constantes no Anexo I de acordo com as normas estabelecidas neste edital.

1 – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O processo seletivo simplificado destina-se a selecionar candidatos para provimento das vagas constantes no Anexo I. A contratação será imediata com vigência de acordo com a Lei Municipal nº 340/2014 -PMRC, para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento. O processo seletivo consistirá de Análise de Currículo.

2 - DA DIVULGAÇÃO

A divulgação oficial das etapas deste Processo Seletivo dar-se-á através de Jornais de Grande Circulação e Diário Oficial dos Municípios do Rio Grande do Norte - FEMURN.

3. DAS INSCRIÇÕES

3.1. As inscrições serão realizadas pessoalmente de forma gratuita.
Período da inscrição: 12 a 16 de janeiro de 2015.
Horário: 08h00min às 12h00min.
Local: Prefeitura Municipal de Riacho da Cruz/RN, na Av Camila de Léllis, 285 – Centro – Riacho da Cruz/RN.

3.2. A inscrição implicará na completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, sobre as quais não se poderá alegar desconhecimento, não cabendo recurso sobre eventuais erros cometidos pelo candidato no ato da inscrição.

4. DA ANÁLISE DE CURRICULO

4.1 Na análise de currículo serão avaliados escolaridade, títulos e experiência profissional comprovados, sob coordenação da Comissão de Processo Seletivo Simplificado - CPSS, nomeada pelo Executivo
Municipal.

4.2 Para a análise do currículo os candidatos deverão entregar cópias dos documentos comprobatórios no ato da inscrição e que serão avaliados pela Comissão.

4.3 Os candidatos deverão apresentar cópia reprográfica dos documentos comprobatórios de eventuais cursos que possuam, referente a área pretendida, sendo que não serão considerados os apresentados após período da inscrição ou não específicos da referida área.

4.4 Somente serão aceitos os
comprovantes de cursos e/ou diplomas apresentados nos quais constem o início e o término do período declarado, com no mínimo 08 horas de duração.

4.5 A avaliação da experiência profissional deverá ser comprovada através de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, declaração em papel timbrado e/ou com carimbo da empresa
ou Certidão de Tempo de Serviço expedida por órgão competente (cópia).

4.6 Todos os candidatos cujo currículo atender aos requisitos solicitados e com os documentos comprobatórios serão classificados.
4.7 Ocorrendo empate na classificação, serão utilizados os seguintes critérios, pela ordem, para desempate:

1) A maior idade dentre os candidatos
2) Sorteio

5. DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

5.1 – Remuneração de acordo com Anexo I.
5.2 – Jornada de Trabalho de acordo com Anexo I.
5.3 – Regime de Contratação: Estatutário.
5.4 – Lotação: Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento.
5.5 – A contratação será pelo prazo estabelecido no Anexo I, podendo ser prorrogado de acordo com a lei Municipal n.º 340/2014 - PMRC, desde que o candidato tenha atendido as expectativas das exigências
da função.

6 – CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO:

6.1. Ser brasileiro nato ou naturalizado. Se estrangeiro, deverá comprovar a situação regular e permanente no território nacional e atendidas as exigências contidas na legislação federal pertinente;
6.2. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data do encerramento das inscrições;
6.3. Estar em dia com as obrigações eleitorais;
6.4. Quando do sexo masculino, estar quite com o Serviço Militar;
6.5. Não estar incurso na condição de acumulação ilícita de cargos públicos;
6.6. Possuir diploma correspondente ao seu cargo, outorgado por entidade oficial;
6.7. Estar ciente que deverá vir munido dos documentos de identificação (RG, CPF, Certificado de Reservista, certidão de quitação eleitoral e comprovante de residência) no momento da contratação;
6.8. A inscrição do candidato implicará na tácita e integral aceitaçãodas condições estabelecidas neste Edital;
6.9. A inexatidão de afirmativas e ou irregularidades dos documentos apresentados, mesmo que verificadas a qualquer tempo, em especial na ocasião da assinatura do contrato, implicará na nulidade da inscrição e dos atos dela decorrentes, sem prejuízos da adoção de medidas de ordem administrativa ou judicial;
6.10. Para inscrever-se o interessado deverá apresentar:
a) Currículo conforme consta no Anexo II ou similar;
b) Comprovante de conclusão de curso (cópia);
c) Outros cursos e demais títulos (cópia);
d) Comprovação de experiência profissional (cópia);

Os originais deverão ser apresentados à Comissão de Processo Seletivo Simplificado - CPSS, no ato de assinatura do contrato para comprovação e a ausência de qualquer documento original implica na
desclassificação do candidato.
6.11. Ao ser convocado, o candidato deverá apresentar todos os documentos exigidos pelo Município de Riacho da Cruz/RN, através da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento.

7 – DOS RECURSOS

7.1 Dos atos da Administração relativos ao processo seletivo simplificado caberá recurso que deverá ser dirigido a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento, na Av Camila de Léllis, 285 – Centro – Riacho da Cruz/RN, aos cuidados da Presidente da Comissão do Processo Seletivo Simplificado - CPSS, das 08h00min às 12h00min. Fica assegurado ao candidato, o direito de interpor recurso, no prazo de 1 (um) dia útil após a divulgação do resultado. Decorrido o prazo recursal ou após o despacho relativo aos recursos
eventualmente interpostos, será homologado o Processo Seletivo.

8 – COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO

8.1. O Processo Seletivo Simplificado através de currículo ficará a cargo da Comissão de Processo Seletivo Simplificado – CPSS, constituída pela Presidente e 02 (dois) membros analisadores devidamente nomeados.

9 – DOS CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO

9.1– Serão selecionados os candidatos que preencherem as exigências do cargo.
9.2 – Tempo de Serviço: Experiência profissional, devidamente comprovada e relacionada à área específica da função pleiteado até 10 pontos, distribuídos da seguinte forma:

Tempo de Experiência Pontuação
Até 1 (um) ano 2 (dois) pontos
De 1 (um) a 2 (dois) anos 4 (quatro) pontos
De 2 (dois) a 4 (quatro) anos 6 (seis) pontos
De 4 (quatro) a 6 (seis) anos 8 (oito) pontos
Acima de 6 (seis) 10 pontos
9.3 – A prova de títulos, de caráter classificatório, obedecerá aos critérios de pontuação estabelecidos a seguir:
9.4 – Cursos
Participação em cursos, seminários ou treinamentos, na área específica da função pleiteada, com, no mínimo 08 (oito)horas de duração, serão distribuídos 2 (dois) pontos por certificado ou diploma apresentado.
Até o máximo de 6 (seis) pontos
Pós-graduação (mínimo 360 horas). 7 (sete) pontos
Mestrado. 10 (dez) pontos
Doutorado. 15 (quinze) pontos
9.5 – O título referente a curso deverá se referir à área correspondente  à função a que o candidato tenha interesse.
9.6– Os títulos (diplomas ou certificados) deverão ser expedidos por instituição de ensino ou aperfeiçoamento de recursos humanos reconhecido oficialmente.
9.7 – Os títulos deverão ser entregues no ato da inscrição, não sendo aceitos os que forem entregues fora do prazo estabelecido.

10 – DA CONTRATAÇÃO

10.1. A contratação obedecerá à classificação obtida pelo candidato, conforme lista final emitida pela Comissão;
10.2. A convocação para a formalização de contratação será através da publicação em Jornal de Grande Circulação e Diário Oficial dos Municípios do Rio Grande do Norte - FEMURN.
10.3. Fica facultado ao Município de Riacho da Cruz/RN, em caráter supletivo, o envio de e-mail de convocação para formalização da contratação, ou via telefone, sendo de inteira responsabilidade do
candidato aprovado acompanhar a publicação da convocação e manter seus dados atualizados;
10.4 Será considerado desistente, o candidato que não comparecer à Prefeitura de Riacho da Cruz/RN, na data, horário e local determinados, munido de toda documentação.
10.5. A contratação do candidato decorrerá da assinatura de Contrato Individual de Trabalho por Tempo Determinado podendo ser prorrogado de acordo com critério e necessidade do Município dentro dos fins determinados pela contratação, o qual se regerá pelas prerrogativas constantes da legislação municipal não gerando, portanto, estabilidade ou direitos correlatos;
10.6. A contratação dos candidatos ficará condicionada à classificação final no processo seletivo e à apresentação dos seguintes documentos no ato da contratação:
10.7. 2 (duas) fotos 3×4 colorida e recente;
10.8 Fotocópia da Cédula de Identidade;
10.9 Comprovante de Inscrição no PIS/PASEP;
10.10 Fotocópia do comprovante de Inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
10.11 Fotocópia do Título de Eleitor e comprovante de votação da última eleição ou justificativa;
10.12 Fotocópia do Certificado de Reservista (se do sexo masculino);
10.13 Fotocópia do comprovante de Endereço (conta de água, telefone ou luz último mês);
10.14 Fotocópia do comprovante de escolaridade;
10.15 Fotocópia da certidão de nascimento e/ou casamento;
10.16 Fotocópia da certidão de nascimento dos filhos;
10.17 Fotocópia Termo de guarda e certidão de nascimento de filho menor que estiver sob tutela;
Os candidatos classificados passarão a integrar o cadastro de reserva para a Secretaria especificada neste Edital.

11 – DISPOSIÇÕES FINAIS


11.1. Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação no processo seletivo, valendo para esse fim, a publicação da homologação que poderá ser adquirida na Secretaria Municipal de Administração.
11.2. O candidato obriga-se a manter atualizado seu endereço junto a Prefeitura de Riacho da Cruz/RN.
11.3. Os candidatos que atenderem à convocação para a contratação e recusarem-se ao preenchimento de vaga serão excluídos do cadastro, sendo o fato formalizado em Termo de Renúncia.

RIACHO DA CRUZ/RN, 06 de janeiro de 2015.

CIENA MARIA PAIVA DIÓGENES RÊGO
Presidente da Comissão de Processo Seletivo Simplificado

MARIA DO RÊGO NETA
Secretária Municipal de Saúde e Saneamento

MARIA BERNADETE NUNES RÊGO GOMES
Prefeita Municipal

ANEXO I
DA FUNÇÃO, VAGA, REMUNERAÇÃO, CARGA HORÁRIA E REQUISITOS

MÉDICO – PSF
Quantidade de vagas: 01 (uma);
Remuneração: R$ 6.500,00 (Seis Mil e Quinhentos Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Medicina em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao CRM;
Atividades: Aplicar os conhecimentos de medicina na prevenção e diagnóstico das doenças do corpo humano. Suas funções consistem em: efetuar exames médicos, avaliando o estado geral em que o paciente se encontra e emitindo diagnóstico com a respectiva prescrição de medicamentos e/ou solicitação de exames, visando a promoção da saúde e bem estar da população; Receber e examinar os pacientes de sua especialidade, auscultando, apalpando ou utilizando instrumentos especiais, para determinar o diagnóstico ou conforme necessidades, requisitar exames complementares ou encaminhar o paciente para outra especialidade médica; Analisar e interpretar resultados de exames diversos, tais como de laboratório, Raio X e outros para informar ou confirmar diagnóstico; Prescrever medicamentos, indicando a dosagem e respectiva via de administração dos mesmos; Prestar orientações aos pacientes sobre meios e atitudes para restabelecer ou conservar a saúde; Anotar e registra em fichas específicas, o devido registro sobre os pacientes examinados, anotando conclusões diagnósticas, evolução da enfermidade e meios de tratamento, para dar a orientação terapêutica adequada a cada caso; Atender determinações legais, emitindo atestados conforme a necessidade de cada caso; Participar de inquéritos sanitários, levantamentos de doenças profissionais, lesões traumáticas e estudos epidemiológicos, elaborando e/ou preenchendo formulários próprios e estudando os dados estatísticos, para estabelecer medidas destinadas a reduzir a morbidade e mortalidade decorrentes de acidentes do trabalho, doenças profissionais e doenças de natureza nãoocupacionais; Participar de programas de vacinação, orientando a seleção da população e o tipo e vacina a ser aplicada, para prevenir moléstias transmissíveis; Atender urgências clínicas, cirúrgicas ou
traumatológicas; Emitir atestados e laudos para admissão ou nomeação de empregados, concessão de licenças, abono de faltas e outros; Colaborar na limpeza e organização do local de trabalho; Efetuar outras atividades correlatas ao cargo e/ou determinadas pelo superior imediato.

ENFERMEIRO – PSF
Quantidade de vagas: 02 (duas);
Remuneração: R$ 2.300,00 (Dois Mil e Trezentos Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Enfermagem em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao COREN;
Atividades: Planejar, organizar, supervisionar e executar serviços de enfermagem empregando processos de rotina e ou específicos que possibilitem a proteção e a recuperação da saúde individual e coletiva; Participar da equipe multidisciplinar, nas diversas atividades que visam o aprimoramento e desenvolvimento das atividades de interesse da instituição; Identificar as necessidades de enfermagem, programando e coordenando as atividades da equipe de enfermagem, visando a preservação e recuperação da saúde; Elaborar plano de enfermagem, baseando-se nas necessidades identificadas, para determinar a assistência a ser prestada pela equipe; Planejar, coordenar e organizar campanhas de saúde, como campanhas de vacinação e outras; Supervisionar a equipe de trabalho da enfermagem em todos os segmentos para manter uma adequada assistência aos clientes com eficiência, qualidade e segurança; Executar diversas tarefas de enfermagem de maior complexidade, valendo-se de seus conhecimentos técnicos, para proporcionar o maior grau possível de bem estar físico, mental e social aos seus pacientes; Efetuar testes de sensibilidade, aplicando substâncias alergênicas e fazendo a leitura das reações para obter subsídios diagnósticos; Participar na elaboração, execução e avaliação dos planos, de saúde, visando a melhoria da qualidade da assistência; Executar a distribuição de medicamentos valendo-se de prescrição médica; Elaborar escalas de serviço e atividades diárias da equipe de enfermagem sob sua responsabilidade; Fazer medicação intramuscular e endovenosa, curativos, retirada de pontos, etc; Manter uma previsão a fim de requisitar materiais e medicamentos necessários, para assegurar o desempenho adequado dos trabalhos de enfermagem; Realizar reuniões de orientação e avaliação, visando o aprimoramento da equipe de trabalho; Fazer a triagem nos casos de ausência do médico e presta atendimento nos casos de emergência; Providenciar o recolhimento dos relatórios das unidades da Prefeitura Municipal, bem como realiza uma análise dos mesmos; Colaborar com a limpeza e organização do local de trabalho; Executar outras atividades correlatas ao cargo e/ou determinadas pelo superior imediato.

TÉCNICO EM ENFERMAGEM – PSF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 1.200,00 (Hum Mil e Duzentos Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Ensino Médio Completo e formação em Técnico de Enfermagem;
Atividades: Prestar atendimento à comunidade, na execução e avaliação dos programas de saúde pública, atuando nos atendimentos básicos a nível de prevenção e assistência. Executar atividades de apoio, preparando os pacientes para consulta e organizando as chamadas ao consultório e o posicionamento adequado do mesmo; Verificar os dados vitais, observando a pulsação e utilizando aparelhos de ausculta e pressão, a fim de registrar anomalias nos pacientes; Realizar curativos, utilizando medicamentos específicos para cada caso, fornecendo esclarecimentos sobre os cuidados necessários, retorno, bem procede retirada de pontos, de cortes já cicatrizados; Atender crianças e pacientes de dependem de ajuda, auxiliando na alimentação e higiene dos mesmos, para proporcionarlhes conforto e recuperação mais rápida; Prestar atendimentos de primeiros socorros, conforme a necessidade de cada caso; Prestar atendimentos básicos a nível domiciliar; Auxiliar na coleta de material para exame preventivo de câncer ginecológico; Participar em campanhas de educação em saúde e prevenção de doenças; Orientar e fornecer métodos anticoncepcionais, de acordo com a indicação; Preencher carteiras de consultas, vacinas, aprazamento, formulários e relatórios; Preparar e acondiciona materiais para a esterilização em autoclave e estufa; Requisitar materiais necessários para o desempenho de suas funções; Orientar o paciente no período pósconsulta; Administrar vacinas e medicações, conforme agendamentos e prescrições respectivamente; Identificar os fatores que estão ocasionando, em determinado momento, epidemias e surtos de doenças infectocontagiosas, para atuar de acordo com os recursos disponíveis, no bloqueio destas doenças notificadas; acompanhar junto a equipe, o tratamento dos pacientes com doenças infectocontagiosas notificadas para o devido controle das mesmas; colaborar com a limpeza e organização do local de trabalho; executar outras atividades correlatas ao cargo e critério do superior imediato.

DENTISTA – PSF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 2.100,00 (Dois Mil e Cem Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Odontologia em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao CRO;
Atividades: Diagnostica e trata afecções da boca, dentes e região maxilo facial, utilizando processos clínicos ou cirúrgicos, para promover e recuperar a saúde bucal. Realizar atendimento as urgências odontológicas. Seguir os protocolos assistenciais da unidade. Guardar e preservar sigilo profissional dos casos atendidos. Zelar pelo material de consumo e permanente da sala de odontologia. Prescrever medicamentos e outras orientações na conformidade dos diagnósticos executados. Realizar referência e contra-referência a outros níveis de assistência.

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO – PSF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 724,00 (Setecentos e Vinte e Quatro Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Ensino Médio Completo; Certificado de Auxiliar de Consultório Dentário.
Atividades: Atua sob a supervisão de um dentista, auxiliando o profissional em seu atendimento de consultório, desenvolvendo atividades de odontologia sanitária e compondo equipe de saúde em nível local, a fim de dar apoio às atividades próprias do profissional de odontologia. Conferir o estoque de material de consumo do consultório dentário. Verificar condição de limpeza do consultório e área física solicitando ao setor de limpeza as adequações necessárias. Encaminhar solicitação de material ao setor administrativo quando algum item estiver entrando em estoque mínimo; auxiliar os procedimentos odontológicos dentro dos protocolos. Auxiliar os procedimentos odontológicos dentro dos protocolos. Providenciar após cada atendimento a reposição do material consumido.

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE – PSF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 724,00 (Setecentos e Vinte e Quatro Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Ensino Médio completo;
Atividades: Executar tarefas básicas de informações a indivíduos e grupos, visando a instrução da população em geral para a prevenção de doenças; Orientar a população em geral sobre a importância da higiene e cuidados básicos e/ou primários para a prevenção de doenças; Ministrar medicamentos específicos de acordo com os problemas de saúde básicos detectados, visando solucionar e/ou amenizar as causas dos mesmos; Efetuar visitas domiciliares, conforme necessidades, seguindo instruções de seus superiores; Preparar o paciente, verificando os sinais vitais, pesando, medindo pressão arterial e verificando a temperatura; Prestar atendimentos em primeiros socorros e imunizações; Fazer curativos quando necessário;
Realizar trabalhos relativos a vigilância epidemiológica, difundindo informações; Esterilizar os materiais; Atuar em campanhas de prevenção de doenças, aplicando testes e vacinas; Auxiliar os médicos na distribuição de medicamentos, vacinas, bem como coleta de material para a realização de preventivos de câncer; Elaborar relatórios de acordo com as atividades executadas, que permitam levantar dados estatísticos e para comparação do trabalho; Inspecionar estabelecimentos de ensino, verificando suas instalações e os comestíveis fornecidos aos alunos, para assegurar as medidas profiláticas necessárias; Organizar o fichário, fazendo a distribuição e arquivamento de fichas, marcação de preventivos, agendamento de consultas e entrega de exames; Colaborar com a limpeza e organização do local de trabalho; Realizar outras tarefas correlatas ao cargo e/ou determinadas pelo superior imediato.

PSICÓLOGO – NASF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 1.500,00 (Hum Mil e Quinhentos Reais);
Carga horária: 20 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Psicologia em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao CRP;
Atividades: Responsabilidade pelo cuidado aos usuários de saúde mental do território, que deve ser compartilhada entre as equipes de Saúde da Família, NASF e dispositivos de saúde mental (como Centros de Atenção Psicossocial, hospital geral, centros de convivência, entre outros), permanecendo a coordenação do cuidado com a equipe de Saúde da Família. Reuniões interdisciplinares periódicas para discussão de casos e educação permanente, onde podem ser incluídos materiais educativos e temas demandados pela equipe de Saúde Família ou dos profissionais do NASF. Reuniões interdisciplinares periódicas entre todos os profissionais da equipe do NASF. Atendimento compartilhado por meio de consultas conjuntas nas unidades, nos domicílios e outros espaços da comunidade. Essa estratégia deve proporcionar a avaliação de risco, o manejo dos casos com a elaboração de projetos terapêuticos, caracterizando-se como um processo de educação permanente, onde vários profissionais têm a oportunidade de aprender na prática cotidiana do atendimento das demandas de saúde mental.

EDUCADOR FÍSICO – NASF
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 1.500,00 (Hum Mil e Quinhentos Reais);
Carga horária: 20 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Educação Física em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao CREF;
Atividades: Desenvolver atividades físicas e práticas junto à comunidade; Veicular informações que visem à prevenção, a minimização dos riscos e à proteção à vulnerabilidade, buscando a produção do autocuidado; Incentivar a criação de espaços de inclusão social, com ações que ampliem o sentimento de pertinência social na comunidades, por meio da atividade física regular, do esporte e lazer, das práticas corporais; Proporcionar Educação Permanente em Atividade Física/Práticas Corporais, nutrição e saúde juntamente com as Equipes PSF, sob a forma de coparticipação, acompanhamento supervisionado, discussão de caso e demais metodologias da aprendizagem em serviço, dentro de um processo de Educação Permanente; Articular ações, de forma integrada às Equipes PSF, sobre o conjunto de prioridades locais em saúde que incluam os diversos setores da administração pública; Contribuir para a ampliação da utilização dos espaços públicos de convivência como proposta de inclusão social e combate à violência; Identificar profissionais e/ou membros da comunidade com potencial para o desenvolvimento do trabalho em práticas corporais, em conjunto com as Equipes do PSF; Capacitar os profissionais. Inclusive os Agentes Comunitários de Saúde, para atuarem como facilitadores/monitores no desenvolvimento de atividades físicas/práticas corporais;
Supervisionar, de forma compartilhada e participativa, as atividades desenvolvidas pelas Equipes PSF na comunidade; Articular parcerias com outros setores da área junto com as Equipes PSF e a população,
visando ao melhor uso dos espaços públicos existentes e a ampliação das áreas disponíveis para as práticas corporais; Promover eventos que estimulem ações que valorizem Atividade Física/Práticas Corporais e
sua importância para a saúde da população; Outras atividades inerente à função.

FISIOTERAPEUTA – NASF

Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 1.500,00 (Hum Mil e Quinhentos Reais);
Carga horária: 20 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Fisioterapia em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao Conselho competente;

Atividades: Realizar testes musculares, funcionais, de amplitude articular, de verificação cinética e movimentação, de pesquisa de reflexos, provas de esforço e de atividades, para identificar o nível de capacidade funcional dos órgãos afetados; Realizar demais atividades compatíveis com o cargo e necessárias junto ao NASF.

FAMACÊUTICO
Quantidade de vagas: 01 (um);
Remuneração: R$ 1.500,00 (Hum Mil e Quinhentos Reais);
Carga horária: 40 horas/semanais;
Grau de Instrução: Curso superior completo de Farmácia em instituição reconhecida pelo MEC e Registro regularizado junto ao Conselho competente;
Atividades: Gerenciar estoque; Abrir caixa; Realizar movimento de caixa (devolução/retirada); Fechar de caixa; Conferencia de numerário referente a dispensação; Depósito diário do numerário referente. a dispensação, Fazer cupom fiscal de toda devolução diária; Fazer cópia de segurança diária do sistema; Realizar reindexação semanal do sistema; Realizar batimento entre estoque e sistema; Gerenciar atendimento ao cliente; Realizar estatísticas diárias de atendimento; Administrar estrutura do estabelecimento; Gerenciar pessoas; Avaliar prescrição e proceder à dispensação; Orientar o usuário e dialogar com o prescritor; Fazer cumprir os procedimentos relativos as “Boas Práticas de Dispensação”; Notificar fármaco-vigilância; Escriturar livros e balanços oficiais de produtos controlados; gerenciar o sistema HORUS do Ministério da Saúde.

ANEXO II
MODELO DE CURRÍCULO PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

1. DADOS PESSOAIS
1.1- Nome completo:
1.2 Filiação:
1.3 Nacionalidade:
1.4 Naturalidade:
1.5 Data de Nascimento:
1.6 Estado Civil:

2. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO
2.1 Carteira de Identidade e órgão expedidor:
2.2 Cadastro de Pessoa Física – CPF:
2.3 Títulos de Eleitor Zona: Seção:
2.4 Números do certificado de reservista:
2.5 Endereço Residencial:
2.6 Endereço Eletrônico:
2.7 Telefone residencial e celular:
2.8 Outro endereço e telefone para contato ou recado:

3. ESCOLARIDADE
3.1 ENSINO FUNDAMENTAL
Instituição de Ensino:
Ano de conclusão:
3.2 ENSINO MÉDIO
Instituição de Ensino:
Ano de conclusão:
3.3 GRADUAÇÃO
Curso:
Instituição de Ensino:
Ano de conclusão:

4. CURSOS ESPECIALIZADOS NA ÁREA A FIM À FUNÇÃO
Curso / área:
Instituição de Ensino:
Data de início: Data da conclusão:
Carga horária: 8
Curso / área:
Instituição de Ensino:
Data de início: Data da conclusão:
Carga horária:
Curso / área:
Instituição de Ensino:
Data de início: Data da conclusão:
Carga horária:

6. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL
Empregador:
Data de Admissão: Data da Demissão:
Cargo/Função:
Empregador:
Data de Admissão: Data da Demissão:
Cargo/Função:
Empregador:
Data de Admissão: Data da Demissão:
Cargo/Função:
Empregador:
Data de Admissão: Data da Demissão:
Cargo/Função:

RIACHO DA CRUZ/RN, xx de xxxxxxxxxxxxxxx de 2015.

Nome completo do candidato


Publicado por:
Fábio Maximiliano Diogenes Souza

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Governo Robinson inicia com polícia nas ruas em áreas mais perigosas do Estado

por: Portal JH

Novo governador anuncia que o trabalho já começa hoje, com a Polícia na rua em áreas mais perigosas

Robinson Faria (PSD) vai demonstrar, já a partir de hoje, porque se colocou como “o governador da segurança pública” durante a campanha eleitoral que o levou à chefia do Executivo estadual. Pelo menos, foi isso que ele afirmou em entrevista pela manhã, durante revista à tropa militar na Governadoria do RN.

Robinson quer implantar, neste primeiro dia de mandato, as medidas emergenciais pensadas para a segurança pública, com o objetivo de fazer a população sentir, em poucos dias, uma mudança significativa na situação da criminalidade no RN.

“O maior desafio é promover uma mudança rápida na questão da segurança pública. Temos hoje os piores indicadores do País nessa área. Eu já me reuni bastante nesses dias que antecederam a minha posse com o grupo que hoje está dentro da segurança pública do RN para elaborar um programa de emergência, de medidas emergenciais, para mostrar a população que o novo governo veio com a proposta arrojada, audaciosa, para mudar em poucos dias essa situação”, afirmou Robinson Faria, ressaltando que a “ordem é para começar hoje” a implantar essas medidas.

Segundo Robinson Faria, inicialmente, a população vai ver um maior efetivo de policiais nas ruas, fazendo a segurança, principalmente, em corredores comerciais e nos bairros residenciais onde há maior índice de assaltos e homicídios. Isso será permitido graças à evolução gradual do efetivo da Polícia Militar, com os policiais que estão cedidos a outros órgãos voltando a ficar a disposição da população.

“Primeira foi identificado quais as áreas de maior periculosidade, áreas residenciais e comerciais. Quando eu andava no Alecrim e na Cidade Alta, por exemplo, escutei um desabafo generalizado de pequenas lojas, não são grandes comerciantes não, que já foram assaltados várias vezes. Então, pedi que fosse dada proteção a esses comerciantes. Os bairros também residenciais onde existe maior registro de homicídios, crimes e assaltos. Então, pedi polícia na rua, uma metodologia que já foi estudada, não é só colocar por colocar, mas dentro de um critério técnico para poder dar segurança para o nosso povo”, afirmou Robinson Faria.

“Vamos retornar o máximo possível de policiais para aumentar o nosso contingente e a convocação dos 800 policiais do último concurso. Eu disse na campanha que sou a favor da convocação deles. Até assinei um documento dizendo isso. Estamos esperando só uma última demanda judicial sobre o caso e quando ela for concluída, eles serão convocados”, acrescentou o futuro governador.

Esses 800 policiais citados por eles são os aprovados no último concurso público da PM, que acabaram não sendo chamados pelas duas gestões anteriores devido a dívidas jurídicas sobre a validade ou não do certame que eles fizeram.

O caso está tramitando na Justiça e, se validado, Robinson poderá nomeá-los aumentando, consideravelmente, o efetivo da PM, que hoje gira em torno dos 9 mil homens – quando deveria haver 13 m

Lei determina proibição da criação de marcas e slogans pelo governo do RN


Entrou em vigor a partir desta sexta-feira (2) a lei que proíbe o Governo do Rio Grande do Norte de criar marcas e slogans para o Executivo estadual.

Segundo o texto da nova lei, o governo deverá usar o brasão do estado e a frase "Governo do Estado do Rio Grande do Norte" como slogan em peças publicitárias a partir de agora.

A nova lei - de autoria do deputado estadual Kelps Lima - determina ainda que é proibido o uso de foto do governador em repartições públicas.

De acordo com o texto, apenas em galerias de ex-gestores é que a foto poderá ser usada. "O objetivo desta lei é resgatar a importância dos símbolos do Rio Grande do Norte e impor à classe política uma agenda mais impessoal no trato com a coisa pública", explicou o Kelps.

A lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa ainda em 2014 e vale para todos os governadores de agora em diante.

O brasão do estado do Rio Grande do Norte deverá ser usado em peças publicitárias a partir desta sexta (2)

Após PT prever 30 mil pessoas, só 6.000 veem Dilma na praça dos Três Poderes


Bruno Lupion, Leandro Prazeres e Marina Motomura Do UOL, em Brasília

foto Sérgio Lima/Folhapress

Após o PT ter dito que tentaria trazer cerca de 30 mil pessoas para assistir à posse da presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira (1º), uma fotografia panorâmica da praça dos Três Poderes no momento em que Dilma discursava no parlatório mostra que o plano petista não deu certo.

O UOL fez uma contagem do número de pessoas presentes no local e constatou que não passavam de 6.000 os que estavam assistindo à presidente falar.

A contagem que o UOL fez tomou por base uma foto panorâmica produzida pelo repórter Sérgio Lima, da "Folha de S.Paulo", da praça dos Três Poderes. Dentro dos limites da praça havia cerca de 4.200 pessoas. Na área lateral a contagem não foi possível devido à copa das árvores, mas a reportagem do UOL estava presente e constatou que havia visivelmente menos da metade das pessoas nesse local em relação ao que havia na praça.

Numa estimativa generosa, o público total do evento ficou em torno de 6.000 pessoas no momento do discurso no parlatório.

A Polícia Militar do Distrito Federal tem um cálculo diferente. Segundo a PM, cerca de 40 mil pessoas passaram pela Esplanada dos Ministérios. De acordo com a corporação, esse público foi reduzido a 20 mil pessoas na praça dos Três Poderes no final da tarde, durante o pronunciamento da presidente. Questionada pelo UOL sobre a discrepância dos números após a contagem, a PM não havia respondido até a publicação deste texto.

Como comparação, em 2003, a posse de Luiz Inácio Lula da Silva teve 71 mil pessoas presentes. Quatro anos depois, em janeiro de 2007, o público foi de 10 mil pessoas. E, em 2011, quando Dilma assumiu seu primeiro mandato, havia 30 mil pessoas na festa. Para o líder do PT na Câmara, Vicentinho (PT-SP), a baixa adesão dos militantes à festa de posse de Dilma Rousseff se deu por uma conjunção de dois fatores: a data escolhida para a posse e a ampla cobertura da mídia. "Eu defendo que posse no dia 1º não é uma coisa boa. Precisam mudar essa data. Quem vem de longe acaba passando o Réveillon na estrada. É muito amor, viu? Além disso, muita gente não veio para acompanhar a cerimônia em casa, pela TV, internet, rádio", disse o líder.

“Fui abandonado pelo meu partido que não quis mais na Previdência”, disse Garibaldi Filho

O Xerife

Ao transmitir o cargo de ministro da Previdência Social a Carlos Gabas nesta sexta-feira, o senador Garibaldi Alves Filho fez um desabafo a’O Globo. Ele disse que foi abandonado pelo seu partido, o PMDB, que não quis mais o ministério. “Fui abandonado pelo meu partido que não quis mais o ministério da Previdência”, disse o senador, acrescentando: “Gabas, o ministério é todo seu”.

Garibaldi destacou que Gabas se preparou para o cargo. Servidor de carreira, com 35 anos de serviço, ele era o secretário-executivo da Pasta. A presidência do INSS será assumida por Elisete Belchior, que era secretária-executiva adjunta do Ministério da Previdência. Ela substitui Lindolfo Sales, que foi indicado por Garibaldi Alves. A troca foi anunciada pelo ex-ministro na transmissão de cargo.

PP vai buscar espaço nas indicações do segundo escalão do Governo

Blog do Xerife

O Partido Progressista, do qual faz parte o prefeito de Portalegre,   confirmou que pretende buscar cargos no segundo escalão do Governo de Robinson Faria. No primeiro escalão o partido poderá emplacar nomes na SEJUC.